Óleo de Rícino

oleo de ricino para que serve

Olá querido visitante, preparado para mais um artigo?! Hoje eu vim falar sobre o óleo de rícino, um óleo essencial que não pode faltar aqui em casa. Eu tenho por hábito utilizá-lo no meu cronograma capilar, mas além de cuidar da saúde do cabelo ele possui inúmeros outros benefícios. Por isso eu resolvi falar um pouquinho mais sobre ele com vocês. Continue me acompanhando pra saber.

O óleo de rícino (mamona) é um óleo vegetal multiúso utilizado há milhares de anos! É feito a partir da extração do óleo das sementes da planta Ricinus communis.

Essas sementes, conhecidas como mamona, contêm uma enzima tóxica chamada ricina. No entanto, o processo de aquecimento que o óleo de rícino sofre desativa essas propriedades tóxicas, permitindo que o óleo seja usado com segurança.

O óleo de rícino tem vários usos medicinais, industriais e farmacêuticos. É comumente empregado em alimentos, medicamentos e produtos de cuidados com a pele, bem como em lubrificantes industriais e combustíveis biodiesel.

Hoje, o óleo de rícino continua a ser um tratamento natural popular no combate a doenças comuns, como a prisão de ventre e doenças de pele, e é frequentemente usado em produtos de beleza.

Ele contém muitos componentes benéficos, incluindo ácidos graxos, flavonoides, compostos fenólicos, aminoácidos, terpenoides e fitosteróis. Estes diversos elementos tornam o óleo de rícino um excelente: antidiabético, anti-inflamatório, antimicrobiano, antioxidante, protetor hepático (capaz de prevenir danos ao fígado), combate aos radicais livres e cicatriza feridas.

O óleo de rícino tem sido usado na medicina tradicional para tratar os seguintes problemas de saúde:

  • Distúrbios abdominais
  • Artrite
  • Dor lombar
  • Prisão de ventre
  • Dores musculares
  • Infecções parasitárias
  • Dores de cabeça crônicas
  • Dor na vesícula biliar
  • TPM
  • Reumatismo
  • Problemas de sono como insônia

Veja abaixo os 7 extraordinários benefícios e usos do óleo de mamona. Você vai se surpreender com a sua capacidade e utilidade! Vamos lá…

Para que Serve o Óleo de Rícino

  1. Laxante poderoso

O óleo de rícino pode ser usado como um remédio natural para a prisão de ventre. No entanto, pode causar efeitos colaterais como cólicas e diarreia, e não deve ser usado para tratar a constipação crônica.

  1. Creme hidratante natural

Ele pode ajudar no tratamento a peles oleosas. Embora essa alternativa natural aos produtos comprados em lojas seja considerada segura para a maioria, este óleo pode causar reações alérgicas em alguns.

  1. Promove a cicatrização de feridas

O óleo de rícino ajuda a curar feridas, estimulando o crescimento de novos tecidos, reduzindo o ressecamento e evitando o acúmulo de células mortas na pele.

  1. Efeitos Anti-inflamatórios impressionantes

É rico em ácido ricinoleico, um ácido graxo que tem demonstrado ajudar a reduzir a dor e a inflamação nos estudos em animais e em tubos de ensaio.

  1. Reduz a acne

Ajuda a combater a inflamação, reduzir as bactérias e acalmar a pele irritada, o que pode ser útil para quem procura um remédio natural para a acne.

  1. Combate os fungos

Vários estudos mostraram que o óleo de mamona pode ajudar a combater infecções fúngicas como a candidíase, causada pela Candida albicans.

  1. Mantém seu cabelo e couro cabeludo saudáveis

As propriedades hidratantes e anti-inflamatórias do óleo de rícino o tornam uma excelente opção para manter os cabelos macios e hidratados e ajudar a reduzir os sintomas da caspa.

Precauções e Contraindicações do Óleo de Rícino

Muitas pessoas usam óleo de rícino para tratar uma variedade de problemas, seja ingerindo o óleo ou aplicando-o na pele. Embora ele geralmente seja considerado seguro, pode causar reações adversas e efeitos colaterais indesejados em algumas pessoas, por exemplo:

  • Ele pode induzir o parto: é usado por médicos para induzir o parto. Por essa razão, as mulheres em todas as fases da gravidez devem evitar o consumo de óleo de rícino.
  • Ele pode causar diarréia: embora possa ser uma maneira eficaz de aliviar a prisão de ventre, você pode ter diarréia se tomar muito. A diarréia pode causar desidratação e desequilíbrio eletrolítico.
  • Ele pode causar reações alérgicas: Pode causar uma reação alérgica em algumas pessoas quando aplicado na pele. Primeiro, tente aplicar uma pequena quantidade em um pequeno pedaço de pele para ver como seu corpo reage.

Óleo de Rícino no Cabelo – O que Esperar?

Por último, eu gostaria de compartilhar uma maneira rápida e fácil de acelerar o crescimento dos cabelos utilizando o óleo de rícino.

Como utilizar: Com as pontas dos dedos aplique o óleo no couro cabeludo, massageando bem a área. Quando o couro cabeludo já estiver umedecido, passe o óleo em todo comprimento dos fios, fazendo uma umectação. Deixe agir por algumas horas, ou durma com o produto, depois lave o cabelo com shampoo e finalize como de costume.

Além de acelerar o crescimento dos cabelos, o uso continuado desse óleo é capaz de: reduzir a queda dos folículos, fortalecer o cabelo, estimular o crescimento de folículos adormecidos, deixas os fios mais sedosos e saudáveis, hidratar o couro cabeludo, reduzir o ressacamento e eliminar progressivamente as pontas duplas. Ou seja, o óleo de rícino é o melhor amigo do seu cabelo! 🙂

Eu uso e recomendo comprar o óleo de rícino vendido no Site Flora Fiora, pois ele é prensado a frio e não refinado. No site, 100ml de óleo é vendido a R$14,50.

E então, o que você achou do artigo? Compartilhe comigo suas dúvidas e experiências com este óleo aqui embaixo nos comentários. Não se esqueça de compartilhar o texto com amigos e familiares para que mais pessoas possam descobrir seus inúmeros benefícios naturais. Até a próxima!

<< Conheça outros óleos essenciais

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (600 votos! Artigo avaliado com 4,82 estrelas / máximo de 5)
Loading...