Óleos Vegetais

óleos vegetais para a cozinha

Olá, meus queridos e minhas queridas! Este é o último post de uma série que tenho amado fazer. Pra quem ainda não sabe, eu venho recapitulando o conteúdo do Blog em uma série de guias temáticos. Após escrever os guias definitivos de óleos para cabelo, óleos para estrias, óleos para gestante, óleos para massagem e óleos essenciais; hoje eu organizei um guia dos melhores óleos vegetais para saúde.

Confira abaixo uma lista dos principais óleos vegetais recomendados para cozinhar, bem como suas propriedades e benefícios. Role o mouse…

1. Óleo de girassol

Extraído das sementes do girassol, este óleo tem uma quantidade elevada de vitamina E e uma quantidade equilibrada de ácidos graxos monoinsaturados e poli-insaturados, o que o torna excelente para a saúde da pele. Possui também um alto ponto de cocção, o que significa que ele mantém seu valor nutricional em elevadas temperaturas, motivo pelo qual ele é amplamente utilizado para fazer frituras.

Contraindicação: pessoas com diabetes precisam ter cuidado com o óleo de girassol, pois em grandes quantidade ele pode elevar os níveis de açúcar no sangue.

2. Óleo de coco

Este óleo é cheio de gordura saturada. Estudos sugerem que ele influencia no aumento do colesterol HDL (bom) e que ele se comporta muito bem em altas temperaturas. Eu adoro usar este óleo para fazer pipoca.

3. Óleo de amendoim

Ele tem uma boa combinação de gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas e é pobre em gorduras saturadas ruins. É um bom óleo para cozinhar e eu acho que funciona muito bem para alimentos asiáticos que são preparados na wok, panela que é um utensílio básico na culinária asiática.

4. Óleo de mostarda

Este óleo não tem uma composição tão boa quanto os anteriores, pois contém altas quantidades de ácido erúcico, variando de 35 a 48%. É recomendado que você não use óleo de mostarda como único meio de cozimento.

5. Óleo de canola

Nós encontramos diversas opções deste óleos nas prateleiras dos supermercados. Ele é feito a partir das sementes trituradas da planta de canola, e é considerado um dos óleos de cozinha mais saudáveis. Tem o menor teor de gordura saturada de todos os óleos. Ele é uma boa alternativa saudável, pois é rico em gorduras monoinsaturadas e Ômega 3. Tem um ponto médio de cocção e funciona bem para fritar batatas, assar, refogar e etc. Combinada muito bem com comida indiana, eu uso e adoro.

6. Óleo de oliva (azeite de oliva)

Se você usa óleo de oliva regularmente, está consumindo gorduras monoinsaturadas que ajudarão a diminuir o risco de doenças cardíacas e câncer de mama, pois a gordura monoinsaturada reduz o colesterol. Eu acho que o óleo de oliva casa maravilhosamente bem com qualquer prato mediterrâneo, tais como massas e risotos.

7. Azeite de oliva extra virgem

Este óleo é derivado da primeira prensagem de azeitonas e é repleto de antioxidantes, bem como polifenilos, que são considerados bons para a saúde do coração. Possui uma cor mais escura que o óleo de oliva e menos acidez. Eu o uso principalmente em saladas, pratos frios e massas.

8. Óleo de arroz

Uma novidade relativamente recente entre os fabricantes, o óleo de arroz é feito a partir da camada externa (farelo) do grão de arroz. Especialistas em saúde afirmam que é o óleo mais saudável do planeta. Isso eu não posso atestar, mas garanto que na minha experiência ele funciona muito bem no preparo de bolos e biscoitos.

9. Óleo de abacate

Ele é muito rico em gorduras monoinsaturadas e é uma boa fonte de vitamina E. Vai muito bem como molho, maionese, vinagrete e acho que dá um sabor divino a um simples peixe grelhado. A única desvantagem é o preço, bem como a acessibilidade. A boa notícia é que dá pra fazer em casa, há diversas receitas na internet.

10. Óleo de gergelim

Ele é muito usado na Índia e no Oriente Médio e é prensado com sementes torradas. Tem um sabor suave e um alto ponto de cocção. Uma outra variedade deste óleo é mais escura e tem um aroma e sabor bem acentuado, funcionando muito bem em comidas asiáticas, bem como em marinadas e frituras.

Ambos os óleos são ricos em gordura poli-insaturada, e nunca devem ser aquecidos por muito tempo. O óleo de gergelim também contém magnésio, cobre, cálcio, ferro e vitamina B6.

11. Óleo de uva

Ele é prensado a partir das sementes de uva que sobram da produção de vinho. Acredita-se que tem muito pouca gordura saturada, e é rico em gordura boa. Seu sabor é muito suave. É considerado bom para cozinhar e fritar, eu particularmente tenho pouca experiência com este óleo.

Siga as recomendações do seu médico

Para um uso balanceado dos óleos vegetais siga as ordens do seu médico ou nutricionista. O que funciona pra mim é o azeite de oliva extra virgem no café da manhã, massas e saladas, óleo de girassol para fritar, óleo de gergelim para os pratos asiáticos, e o uso alternado entre o óleo de arroz e o canola para alimentos que vão ao forno.

Faça sua escolha e consulte sempre uma opinião especializada, pois apenas um médico poderá lhe passar os exames e recomendar a dieta mais saudável de acordo com as suas necessidades.

Com quais óleos vegetais você cozinha? Compartilhe sua experiência aqui nos comentários! Aproveite também para deixar as suas dúvidas e sugestões, eu vou amar conversar com você. Beijos e até a próxima.

<< Conheça outros óleos essenciais

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (425 votos! Artigo avaliado com 4,86 estrelas / máximo de 5)
Loading...


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *